Saiba como garantir a segurança da informação na sua empresa

O trabalho nas empresas acontece cada vez mais com um maior número de informações todos dias. Elas se tornam, assim, estratégicas e fundamentais para conseguir realizar os trabalhos internos da organização e, também, quando bem analisados, são capazes de melhorar a competitividade da empresa.

Por isso, eles são bastante visados por hackers, pessoas mal-intencionadas que trabalham para obter esses dados e sabem como explorá-los ao seu favor. É obrigação da empresa evitar que isso ocorra.

Diante disso, torna-se fundamental saber trabalhar com segurança da informação nas empresas para garantir que tudo ocorra bem. Continue lendo e tire suas dúvidas sobre esse assunto.

O que é segurança da informação?

A segurança da informação diz respeito aos cuidados necessários para garantir que os dados e informações da sua empresa se mantenham íntegros durante as rotinas produtivas.

Além disso, o objetivo também é evitar problemas de ordem tecnológica, ou seja, desastres tecnológicos (quando você perde seus dados por problemas de servidores, incêndios, entre outros pontos) ou ações de cibercriminiosos.

Ela se estabelece por meio de uma série de ações realizadas pelos especialistas de TI para conseguir garantir a integridade das informações e, assim, proteger a sua empresa de possíveis problemas que possam gerar conflitos posteriores.

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.
Powered by Rock Convert

Por que ela é importante para as empresas?

A informação é uma moeda valiosa para as organizações. Pense, por exemplo, para sua empresa: quantas informações sobre seus fornecedores, produtos, clientes circulam todos os dias pelo seu negócio? Muitas, não é mesmo?

Pense só como seria se o seu banco de dados de clientes caísse nas mãos de cibercriminosos: quantas informações sensíveis poderiam ser utilizadas de forma errônea ou fraudulenta, causando uma série de prejuízos para eles? Pensando nesse ponto, já é possível entender como é importante garantir a privacidade das informações do seu negócio.

Além disso, os cibercriminosos podem utilizar informações da própria empresa para proveito próprio e causar problemas. Por exemplo, pode ocorrer invasões a contas de banco, gerando retiradas de dinheiro e compras fraudulentas que, caso passem despercebidas por um erro para o setor financeiro, podem causar sérios prejuízos para a organização.

Outro ponto essencial para mostrar a importância da segurança da informação para as empresas, diz respeito à possibilidade de ter perdas de dados por problemas como queimas de servidores, desastres tecnológicos, entre outros problemas que podem, de fato, causar perdas das informações da organização. Caso não ocorra um processo de gerenciamento de dados eficiente, essa perda pode ser altamente prejudicial.

Isso porque dados são estratégicos. Com o Big Data e Business Intelligence, fica cada vez mais evidente. Uma boa análise de informações permite que sua empresa consiga avaliar o que, de fato, está dando certo e o que está dando errado e verificar quais são as principais brechas para gerar melhorias. Por isso, dados são tão atacados pelos criminosos e, devido a essa questão, as empresas devem zelar pela integridade e proteção deles com todo afinco.

Como tornar as informações mais seguras?

Mas como fazer com que as informações sejam mais seguras, garantindo uma maior proteção a eles e, consequentemente, a sua empresa? Veja alguns pontos que podem ser trabalhados para isso e proteja sua organização.

Atualize softwares

Uma das principais portas de entrada de cibercriminosos são as brechas geradas pelos softwares desatualizados. Nenhum processo de desenvolvimento é perfeito, de forma que falhas de segurança são encontradas, muitas vezes, até mesmo em softwares mais robustos e em sistemas operacionais.

As atualizações têm por objetivo identificar esses pontos e consertá-los, de forma que os hackers não poderiam aproveitar essa porta aberta para agirem.

Em analogia, seria como se a sua empresa descobrisse que a porta de entrada tem um trinco frágil, que pode permitir um criminoso realizar um arrombamento e adentrar seu negócio para roubar seus equipamentos. Se você descobre o problema e o conserta, dificulta uma possível invasão. Porém, se você não faz nada a respeito, as chances de que uma ação de ladrões seja bem-sucedidas aumentam.

É isso que a atualização de software faz: ela corrige essa falha, fortalecendo defesas e evitando que vulnerabilidades possam gerar um hackeamento futuro.

Mantenha senhas seguras

Outro ponto essencial é manter senhas seguras para seu negócio. Principalmente quando falamos de empresas de pequeno e médio porte, esse tipo de preocupação é minimizado, de forma que para conseguir um gerenciamento rápido, utilize-se, até mesmo, senhas fáceis e óbvias ou, até mesmo, a mesma senha para diversos serviços. Isso é um perigo, pois torna as ações de criminosos facilitadas.

Por exemplo, se seu negócio utiliza a mesma senha de acesso do banco de dados de clientes e de uma conta diversa, basta que um hacker descubra a primeira senha para ter acesso a uma gama de dados que podem ser utilizados para fraudes bancárias.

Atualmente há sistemas de gerenciamento de senhas que auxiliam nesse processo, facilitando o trabalho do gestor de TI e permitindo o acesso seguro às informações.

Tenha controle de acesso

Nem todos os funcionários precisam ter acesso a todas as informações. É fundamental ter consciência disso para que se possa estabelecer um controle de acesso eficiente. Por exemplo, há necessidade que o responsável pelo setor de vendas tenha contato de dados estratégicos, que representem segredo comercial?

Informações sensíveis nas mãos de todos os colaboradores podem gerar vazamentos indesejados, e pode acarretar até mesmo em perdas de vantagens competitivas para o negócio posteriormente.

Estabeleça bloqueio de sistemas de saída

Controle tudo aquilo que sai de informação do seu negócio. Isso significa identificar quais são os sites que podem ser acessados e quais não podem, quando documentos estão sendo enviados por e-mail ou não, entre outros pontos.

Por exemplo, se um colaborador mal-intencionado acessa a uma informação sensível e consegue enviá-la por meio de um aplicativo de mensagens, gera-se um problema de segurança de informação. Por isso, a necessidade de conseguir manter um bloqueio de sistemas de saídas de informação, como uma forma de minimizar as chances de ações de pessoas que não sejam idôneas.

Contrate especialistas em segurança da informação

Se sua empresa trabalha com dados sensíveis todo o tempo, é fundamental que tenha um especialista em segurança da informação alocado na empresa. Ele será o responsável por avaliar quais são as medidas que podem ser tomadas internamente para minimizar as chances de problemas e, também, para que possa fortalecer as barreiras da organização.

Por que informação é tão crítica nos tempos atuais?

A informação é um grande diferencial competitivo para as organizações. Uma avaliação eficiente é capaz de mostrar oportunidades importantes para a empresa conseguir investir e se destacar no mercado.

Por isso, a proteção de dados é fundamental: eles devem estar sempre disponíveis, íntegros e de forma privada, garantindo privacidade e confidencialidade deles. E isso independe do nível em que a informação está.

Por exemplo, empresas de logística que utilizem softwares TMS devem manter seus softwares sempre atualizados, para evitar que problemas possam comprometer o serviço de transporte. É nesse tipo de aplicação que ficam armazenados informações como o CIOT (Código Identificador de Operação de Transporte), estratégico para o trabalho de empresas dessa natureza.

O CIOT é essencial para as empresas que trabalham com logística. Saiba mais sobre ele em nosso e-book. Baixe-o e tire suas dúvidas sobre o assunto.