Já ouviu falar em paletização de cargas? Conheça suas etapas!

A paletização de cargas é um processo simples e prático, que tem como objetivo agilizar o recebimento de materiais e remessas em uma empresa. O processo consiste no agrupamento de caixas dispostas para um único destino, para que assim, formem um único volume. O objetivo é criar uma unidade maior e mais compacta, facilitando o carregamento, armazenamento e aumentando a segurança.

Por meio disso, a empresa pode deslocar os seus produtos de forma mecânica, minimizando as movimentações durante o transporte. Quer entender como esse processo é feito, assim como as suas vantagens e formas de otimizá-lo? Então, leia este post até o final!

Quais são as etapas da paletização de cargas?

Como sabemos, trata-se de um processo que consiste na organização de materiais de forma compacta em cima de estruturas chamadas pallets, com o objetivo de promover uma melhor organização e facilitar o transporte. Vejamos detalhadamente cada etapa, a seguir!

Escolha a estrutura correta

Apesar de os pallets de madeira serem os mais conhecidos, essas estruturas podem ser feitas de outros materiais e o tipo de carga define qual você deverá escolher. Os tradicionais são indicados na maioria dos casos, podendo ser utilizados em todos os carregamentos de materiais secos, que vão ficar alocados em ambientes também secos.

Enquanto os pallets de plástico são indicados para empresas que trabalham com produtos químicos, como forma de prevenção, já que os outros materiais reagiriam em contato com determinados agentes químicos.

Já os confeccionados em aço são voltados para o transporte de itens perecíveis e que necessitam de refrigeração, como as câmaras frigoríficas. Eles são mais resistentes às baixas temperaturas e são mais fáceis de limpar.

Faça o empilhamento

Para fazer o empilhamento é necessário pensar em equilíbrio e compactação, ou seja, é importante planejá-lo de acordo com as cargas. Quanto mais volume na base, melhor. Isso significa que, se uma delas trouxer caixas de tamanhos diferentes, deve-se iniciar pelas menores, a fim de que haja um número maior delas por baixo, melhorando a estabilidade dos conjuntos.

Utilize o filme stretch

Uma das formas de garantir a unidade e solidez nesse procedimento é com a utilização do filme stretch. O profissional responsável deve envolver toda a mercadoria prendendo-a ao pallet, garantindo também proteção contra possíveis fissuras e rasgos nas embalagens.

Atente-se à altura da carga

Tão importante quanto a organização horizontal da mercadoria, é a preocupação com a altura no final do procedimento. Por medidas de segurança, o ideal é que a altura máxima do empilhamento das caixas seja de 1,90 m.

Quais são as principais vantagens da paletização?

Agora que já sabemos do que esse processo se trata e quais são as suas principais etapas, vamos entender como ele beneficia as empresas de forma prática, analisando as suas principais vantagens. Veja quais são!

Versatilidade

Esse tipo de organização também pode ser utilizado para o armazenamento dos mais diversos tipos de produtos e estoques. Pode também ser utilizada para trabalhar com peças de vários pesos, sendo geralmente de material bastante resistente.

Custo-benefício

A manutenção dos pallets, independentemente do material, é bem simples e as suas partes podem ser substituídas. Isso faz dessa solução o método de melhor custo-benefício, além de muito funcional.

Como o processo de paletização de cargas pode ser otimizado?

Em plena transformação digital, não dá mais para fugir das soluções tecnológicas em tudo o que envolve a logística de uma empresa. Nesse cenário, o procedimento se torna mais eficiente se realizada com o auxílio de um software específico para essa atividade. Dessa forma, fica mais fácil organizar as mercadorias, saber o que está em cada pallet, obter dados estatísticos e manter um controle logístico com margem de erro bem reduzida.

Como vimos, a paletização de cargas traz inúmeros benefícios para a sua gestão de estoque, facilita o transporte e otimiza o espaço físico nos galpões. Para que tudo isso seja mais estruturado, é interessante que a empresa conte com um software específico para controle de estoque que traga as ferramentas para que essa atividade seja feita da forma mais eficiente.

Gostou do post? Quer mais dicas para melhorar os seus serviços? Então, confira as principais diferenças entre carga lotação e a fracionada.